Leandro Hassum estreia no Canadá

Dia 27 de janeiro, sábado, no Second City em Toronto.

Leandro Hassum já perdeu as contas de quantas vezes o espetáculo #RindoComHassum já foi apresentado Brasil afora.  Nos Estados Unidos, em parceria com a BIS, foram cinco vezes. No Japão foi uma apresentação. Dia 27 de janeiro, sábado, será a sua grande estreia é em Toronto, no Canadá, no templo do humor canadense, o Second City.

O humorista conversou com a Brazilian Wave sobre sua estreia canadense, o espetáculo e sobre rir.

Wave – O que te faz rir?
Hassum – O trabalho de vários colegas de profissão, stand comedy de comediantes brasileiros e americanos, séries e filmes de comédia. Não é muito difícil me fazer rir.

Wave – O que representa para você poder se apresentar em novos países como o Canadá?
Hassum – É a realização de um sonho. Sempre quis levar meu show para as colônias de brasileiros espalhadas pelo mundo. Como sempre gostei de viajar muito, acabava sempre encontrando brasileiros em várias partes do mundo e eles sempre me perguntavam se eu não iria levar o meu show para fora do Brasil. Senti que ali existia uma possibilidade de realizar meu sonho e também de levar diversão para esses brasileiros que estavam carentes de um espetáculo de humor.

Wave – Existe(m) alguma(s) piada(s) em inglês em #RindoComHassum?
Hassum – Existem piadas sobre o idioma, em como os brasileiros fazem para se adaptar as palavras e expressões. São histórias que vi e ouvi ao longo da minha turnê e que acabaram entrando no meu show.

Wave – Todo brasileiro tem uma história sobre um mico que passou fora do país seja por idioma, seja cultural. Você já passou por algum? Como foi?
Hassum – Como estudei inglês desde cedo, até aula eu já dei, acabei sempre evitando de pagar um mico muito grande. Mas tenho ótimas histórias de micos da minha família e outros de amigos. Estão todos no meu show.

Wave – O espetáculo conta com temas populares e universais, como família, casamento e religião. Existem alguns temas que são tabus para você? Na sua opinião, até que ponto uma piada pode chegar?
Hassum – Não tem essa comigo. Falo sobre qualquer assunto, até porque acredito que não exista um limite para o humor ou para uma piada. O mestre Chico Anysio já dizia que o limite da piada é a graça. Ou tem graça, ou não tem.

Wave –Você adora improvisar. Já aconteceu do público ou alguém do público te surpreender com a resposta ou reação?
Hassum – Sem dúvida! E é isso que torna cada show meu único. Essa participação da plateia é essencial para mim. É e importante frisar que estou lá para rir com o público e não deles.

Wave – Quando alguém te encontra na rua ou em um restaurante, existe a expectativa de que você irá ser engraçado ou contar uma piada? Como você lida com interação com seus fãs?
Hassum – Sem dúvida. Muitas pessoas acham que tenho que ser engraçado 24h, não importa a situação. Mas esquecem que sou uma pessoal normal, que tem problemas, dias difícies, que as vezes não posso dar a atenção que gostaria no momento. Felizmente é a minoria. A maior parte das pessoas respeita e chega para falar sempre com palavras e gestos carinhosos.

Wave – O que os brasileiros no Canadá podem esperar do seu espetáculo?
Hassum – Dor na barriga de tanto rir. Vou para divertir e espero que pelo menos durante o show, as pessoas esqueçam dos problemas, da saudade de casa e da família, para apenas rir e se divertir comigo.

Além da estreia no Canadá, agenda de 2018 do humorista está repleta de novidades. Três filmes que ele gravou serão lançados no Brasil e ele deve participar da filmagem de mais dois. “Vou lançar meu canal no YouTube”, conta em primeira mão. “O ano vai ser agitado do jeito que eu gosto”, brinca.


Serviço

  • #RindoComHassum
  • Data: Dia 27 de Janeiro de 2018.
  • Horário: 3 pm
  • Local: The Second City Toronto – 51 Mercer St, Toronto, ON M5V 9G9
  • Ingressos: $35 (cada) – Compre aqui.

Tags: , , , , , , , , , , , ,

Comments are closed.