Seguro para doenças graves

Melhor prevenir do que remediar…

por Marta Almeida

A portuguesa Silvia Pereira é especialista em seguros pessoais e atua em Toronto e região.

Ter seguro no Canadá é mais do que uma simples precaução. É praticamente uma necessidade, uma vez que tudo é muito caro e é sempre melhor estar preparado para surpresas desagradáveis da vida. Portuguesa de Vila do Conde, Silvia Azevedo está em Toronto há 11 anos e é uma especialista em seguros pessoais. Para a revista Wave ela explicou o que é o “Critical Illness Insurance” um seguro que cobre as despesas com doenças graves.

Wave – Como surgiu este tipo de seguro?
Silvia – É interessante a história do “Critical Illness Insurance” justamente porque há um fato muito curioso. Por incrível que pareça, não foi uma companhia de seguros, que inventou este conceito de seguro de doença grave e sim um médico: Marius Barnard, um cirurgião cardíaco que fez parte da equipe que realizou o primeiro transplante de coração humano para humano na África do Sul em 1967.  Como cirurgião, ele ajudou muitos pacientes a se recuperarem de suas enfermidades, mas ao mesmo tempo ele se incomodava por  vê-los sofrer financeiramente nos anos a seguir, pois ficavam impossibilitados de voltar a trabalhar em plena capacidade. Exatamente por isso, Barnard depois de muito pensar surgiu com a idéia de criar o seguro de doença grave. Levou vários anos para Dr. Barnard convencer as seguradoras. Só em março de 1983 dois irmãos entraram em contato com Dr. Barnard, porque tinham adquirido recentemente uma pequena companhia de seguros e queriam desenvolver um produto que fosse novo na indústria, assim surgiu a primeira apólice do “Critical Illness Insurance”  que inicialmente cobria as quatro doenças críticas mais comuns: câncer, ataque cardíaco, acidente vascular cerebral e cirurgia de bypass coronário.

Wave – Mas o seguro cobre outras doenças atualmente…
Silvia – Hoje em dia este seguro já cobre mais de 30 doenças graves, variando um pouco de empresa para empresa. Este seguro é válido para adultos e crianças. Há dois tipos: permanente ou temporário. O temporário tem a vantagem de assegurar maiores montantes de seguro por um preço mais acessível. Nos permanentes, a vantagem maior é  pagar sempre o mesmo valor sem renovações e ainda com a opção de receber tudo o que pagar de volta no cancelamento que geralmente poderá ser feito ao fim de 15 anos ou aos 65 anos, que é a idade que geralmente queremos parar de trabalhar, chega assim a ser uma pequena poupança.

Wave – As crianças têm mais vantagens?
Silvia – Os planos permanentes trazem mais vantagens para crianças. Além de estarem cobertas desde cedo, fica muito mais barato do que fazer na idade adulta. O preço será o mesmo pela duração da vida e ainda se o seguro não for usado até aos 25 anos, as crianças recebem automaticamente 75% daquilo que foi pago. Podendo inclusive continuar com o plano válido e, se preferirem continuar até aos 65 anos e apenas cancelar depois da aposentadoria irão receber de novo tudo o que pagaram a partir dos 25 anos de idade. Tanto nos adultos como em crianças existe ainda a opção de retorno de todos os pagamentos em caso de morte e de não terem tido a chance de usar o seguro.

Wave – Há algum tipo de restrição?
Silvia – Existe sempre a parte de investigação médica quando o cliente aplica, para ter a certeza que caso aconteça algo estará qualificado desde o início para o benefício. Quando existem condições preexistentes graves que estariam cobertas por este seguro poderão haver exclusões, limitações e o pagamento pode até mesmo ser negado por parte das companhias, por isso é recomendável fazer nos “anos saudáveis” para usufruir do seguro caso aconteça a infelicidade de sofrer alguma doença grave.

Wave – Como é feito o pagamento do seguro em caso de diagnóstico de alguma doença grave?
Silvia – Este seguro é pago em um montante só, para o beneficiário sem taxas. Poderá ser usado da maneira mais conveniente possível. Seja para medicamentos, enfermagem, tratamentos, contas, pagamento da hipoteca da casa, educação para as crianças, uma enfermeira, alterações em sua residência para melhor conforto, etc. Importante destacar que por enquanto apenas é possível fazer este tipo de seguro para Residentes Permanentes ou cidadãos canadenses.

Tags: , , , , , , , , , , , ,

Comments are closed.