ELAP oferece bolsas de pesquisa no Canadá

Inscrições encerram no fim do mês.

Foto Juliana – créditos Michele Santos da Silva

Por Michele Santos da Silva

Através do Programa Futuros Líderes nas Américas (ELAP), o governo canadense está oferecendo aos alunos de instituições de ensino superior da América Latina e Caribe bolsas de estudo que variam de $7.200 a $9.700, valores que dependem do tempo de estadia do bolsista, que pode ser de quatro a seis meses.

Além da bolsa, o ELAP contempla custos com o visto para o Canadá, transporte aéreo da cidade de origem ao local de destino do aluno, seguro-saúde e despesas com moradia. Alguns estudantes também são beneficiados pelo governo com uma viagem de sete dias a Ottawa, com o objetivo de terem uma experiência canadense em setores sociais, políticos e culturais.

Para concorrer, o candidato deve estar regularmente matriculado em um curso de graduação, mestrado ou doutorado. São prioritários temas de estudo ou pesquisas relacionados a disciplinas que promovam o desenvolvimento econômico, a segurança, a prosperidade, a boa governança e a paz.

Entre os estudantes de universidades brasileiras, as áreas contempladas até então foram Biologia, Engenharia, Computação, Medicina, Agronomia, Direito, entre outras, cuja principal motivação à candidatura é a busca por uma experiência no exterior e o acesso à infraestrutura em centros de ensino que são referência em suas áreas, como é o caso de Juliana, Luis e João.

O ELAP e a experiência de pesquisa em Bem-Estar Animal na UBC

Foto: Luis – Crédito: assessoria ELAP

Atualmente, Juliana, Luis e João desenvolvem estudos vinculados à University of British Columbia (UBC), mais precisamente na UBC Dairy Education and Research Centre, em Agassiz, no interior da província de British Columbia. Unidos pelo objetivo de pesquisar o Bem-Estar Animal de vacas para melhorar o manejo e a qualidade de vida desses animais, eles também coincidem que o ELAP é uma oportunidade para quem deseja ampliar sua rede de contatos profissional, participar de projetos de ponta e interagir com alguns dos pesquisadores mais conceituados do mundo.

Juliana Benneton, 25, é graduanda em Engenharia Agronômica pela Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho (UNESP). No Canadá há quatro meses, afirma que seu estágio na UBC está sendo uma excelente oportunidade de crescimento pessoal e profissional, tanto pelo convívio com diferentes culturas quanto pela possibilidade de conhecer outros tipos de sistemas de produção. “É uma bagagem essencial para qualquer aluno de graduação que está iniciando sua carreira na pesquisa”, disse. Juliana considera a seleção do ELAP um processo simples. “O desafio pode ser o idioma. No meu caso não foi complicado, pois estudei inglês na adolescência, incluindo um intercâmbio”, ponderou.

Para o médico veterinário argentino Luis Andrés Gonzalez, 34, e atual estudante de mestrado em Agroecossistemas pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), a experiência mais significativa nos dois meses de estudo na UBC é a viabilidade de pesquisar em uma instituição de referência em sua área. “Além do contato direto com os profissionais mais respeitados do mundo, tenho acesso a recursos que impactam significativamente na qualidade de minha dissertação. É um grande estímulo para possibilidades futuras”, disse o estudante, que também destacou a ausência de burocracia como outra vantagem do processo seletivo do ELAP. Selecionado para a viagem a Ottawa, Luis teve a oportunidade de participar de algumas atividades do Canada 150, incluindo visitas à Corte Suprema, Parlamento, museus, palestras, entre outras. “Conhecer os organizadores da bolsa ELAP, assim como o coração das instituições mais importantes da democracia canadense, foi uma experiência memorável”, explicou.

João – Crédito: arquivo pessoal

Já o engenheiro agrônomo João Henrique Cardoso Costa, 30, esteve na UBC em 2009 e 2011, respectivamente para um estágio de graduação e como bolsista ELAP durante seu mestrado pela UFSC. Ele relata que os estudos desenvolvidos em comportamento de vacas leiteiras e bezerros intensificaram sua necessidade de verificar novas práticas que melhorassem a qualidade de vida dos animais de fazenda, o que o levou a se inscrever no programa de doutorado da UBC Animal Welfare Program. Com doutorado concluído em 2015 e com novos interesses de pesquisa e projetos em andamento, João iniciará uma nova etapa profissional: a partir de julho ele será professor assistente no Dairy Management and Behavior da Universidade de Kentucky, Estados Unidos. “Sem dúvidas, a experiência que tive no ELAP, em especial, na UBC e com toda a sua estrutura, trouxeram-me muitas possibilidades. O grupo de pesquisa ao qual estou associado também foi fundamental para o sucesso das atividades que desenvolvi nos últimos anos, tanto intelectualmente como financeiramente”, enfatizou.

De acordo com a página oficial do ELAP em português, as inscrições para as bolsas encerram no dia 29 de abril. Entretanto, a página do governo canadense para o programa anuncia o prazo para até o dia 25 de abril.

Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

Comments are closed.