Irinéa Maria Ribeiro lança CD após 55 anos de carreira

A cantora se apresenta com sua filha Luanda Jones no dia 30 de junho no Lula Lounge, in Toronto.

irinea 3

Photo: Cláudio da Matta

A compositora, violonista, diretora artística, professora de violão e educação vocal Irinéa Maria Ribeiro completa setenta anos de vida no dia 30 de junho e o CD “Lições de Vida – 55 Anos de Canções” é o primeiro CD autoral em 55 anos de carreira. Composto por 16 canções feitas ao longo de 55 anos de composição, o repertório diversificado mistura blues, sambas, valsa, bossas e marcha-rancho, e conta com participações especiais, incluíndo a própria filha, a também cantora Luanda Jones, residente em Toronto.

Irinéa contou com uma ferramenta chamada “crowdfunding” para ajudar com despesas como pagamento de estúdio, músicos, edição, mixagem, fotos, projeto gráfico, divulgação, camisas oficiais, CDs, cenário e figurino e lançamento. O objetivo era arrecadar R$20.000, aproximadamente $5,100 U.S. e foi alcançado com sucesso.

Wave: Como surgiu a ideia do crowdfunding?

Irinéa: Foi ideia do meu produtor Sidney Mattos. Já havíamos começado as gravações e eu senti que ficaria além do que eu imaginara. Foi quando o Sidney Mattos me apresentou ao site. Como tenho muitos amigos e fãs da minha música, me animei em tentar. Calculamos os gastos e lançamos a campanha em 28 de fevereiro, com data fixada para terminar em 15 de abril. Deu certo!

Wave: Por que só agora após anos de carreira, você resolveu fazer o primeiro CD?

Irinéa: Desde os 13 anos componho. Minha  primeira música foi gravada por meu irmão Silvio Ribeiro. Comecei no violão aprendendo acordes com tanta facilidade que minha mãe me matriculou na Escola de Roberto Menescal. Aprendi a tocar com um mestre da bossa nova, e por meio dele conheci os grandes nomes de nossa música brasileira. Sempre compus e toquei mas não gostava de cantar. Muitos cantores e cantoras começaram comigo. Tive vários convites ao longo desses 55 anos para gravar mas não aceitei. Somente em Setembro de 2015  o Sidney Mattos gravou um CD “Elas me Cantam”, convidando 12 mulheres para interpretar suas canções. Ele me chamou e eu gravei “Deságue”. Fiz o show de lançamento e me senti feliz com o resultado. O incentivo dos amigos cresceu. Luanda me estimulou mais ainda! Decidi gravar.

Wave: Fale um pouco do seu trabalho.

Irinéa: Além de compor para diversos artistas da MPB eu fiz direções musicais,  trilhas para teatro e jingles, arranjos para  cantoras, direções de voz, trabalhei com direção de palco, participei de muitos festivais de música pelo Brasil. Por não gostar de cantar, fazia shows esporádicos , quando os produtores me solicitavam.  Me apresentei em locais como Sala Baden Powell, Centro de Referência da Música Carioca e Casa de Arte de Paquetá. Em março de 2016 comecei a divulgar o CD.

Wave: O show no dia 30 de junho será o único no Canada?

Irinéa: Pretendo ficar um mês em Toronto. Gostaria de fazer o lançamento em outras casas, além do Lula Lounge.

Wave: Como é sua relação com sua filha, a cantora e compositora Luanda Jones?

Irinéa: Luanda nasceu convivendo com música. A avó cantava pra ela as músicas de Carmem Miranda e ela adorava! O pai curtia jazz e rock progressivo, e eu bossa nova e MPB.  Ela cresceu ouvindo de tudo e fez suas escolhas livremente. Cantar e tocar pra ela é uma delícia! No meu CD ela canta comigo uma canção. No CD dela eu canto “Chorinho”. Poder estar com ela em Toronto, lançando meu CD “Lições de Vida”, será uma bela festa de sons!

*Agradecimentos a Luana Jones.

Foto da capa: Cláudio da Matta

Serviço

Luanda Irinéia Jones & Maria
Quando: 30 de junho | 7:30pm
Onde: Lula Music & Arts Centre – 1585 Dundas St. West. – Toronto, ON 
Quanto: $15 na porta e $10 adiantado. Mais info e ingressos aqui ou ligue 416-9588-0307

Tags: , , , , , , ,

Comments are closed.