SporTV Repórter mostra a solidão dos técnicos de futebol

por Assessoria de Imprensa – PFC

Muricy Ramalho

Muricy Ramalho já esteve às voltas com problemas de saúde, reflexos do estresse da profissão. Créditos foto: Marcos Ribolli

 

O “SporTV Repórter” desta semana aborda o cotidiano dos técnicos de futebol do Brasil, país que mais demite treinadores, segundo pesquisa. A profissão é instável, solitária, exige isolamento social e, nos momentos difíceis, o trabalho não é reconhecido.
O episódio exibe a realidade de vários treinadores consagrados, como Muricy Ramalho, atual técnico do São Paulo, que comandou o time na conquista de diversos títulos. “A gente é muito solitário na derrota, porque todo mundo só divide o sucesso. Poucas pessoas dividem a derrota com você. Quando você perde um jogo, fica praticamente sozinho”.
O programa vai mostrar também a trajetória de Sebastião Lazaroni, treinador da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 1990. O técnico, que nunca mais trabalhou em um grande clube brasileiro, conta o que aconteceu com sua carreira após a eliminação do Brasil no Mundial daquele ano, na Itália. “Não se pode pensar que a derrota é o inferno e nem ficar de nariz em pé porque ganhou, o meio termo, o equilíbrio é sempre importante”.
O canal PFC exibe o episódio “Reféns da Solidão” neste sábado, 28 de março, às 10 da manhã, com reprise na segunda-feira às 23h e terça-feira às 8h30 (horários de Brasília).

Tags: , , ,

Comments are closed.