SporTV Repórter mostra a rotina das promessas olímpicas do Brasil

Divulgação PFC: Reprodução SporTV
Quem são os destaques e as apostas para as próximas Olimpíadas em 2016?
Nos Jogos Olímpicos da Juventude, realizados em agosto deste ano na China, o Brasil conquistou seis medalhas de ouro, oito de prata e uma de bronze.
Muitos nomes, considerados promessas apenas para 2020, alcançaram notoriedade e se tornaram realidade.
O “SporTV Repórter” desta semana apresenta a história de jovens atletas, a maioria com pouco mais de 15 anos, que prometem fazer história nas próximas Olimpíadas.
O programa mostra a rotina de Flavia Saraiva, ginasta de 15 anos que treina diariamente de 7 a 8 horas por dia. A dedicação e a disciplina da atleta fizeram com que ela alcançasse o lugar mais alto do pódio nos jogos de Nanjing. Além da medalha de ouro, a atleta também conquistou duas medalhas de prata, mostrando beleza e força em suas apresentações.
A exemplo de Flávia, Layana Colman do judô, Matheus Santana da natação, Edival “Netinho” Marques do taekwondo e Hugo Calderano do tênis de mesa também conquistaram medalhas e encheram de orgulho e otimismo o futuro olímpico brasileiro.
Segundo Adriana Behar, Gerente de Planejamento Olímpico do COB, os jogos Olímpicos de Nanjing 2014 trouxeram números importantes. Neste ano, a delegação brasileira foi 40% maior que em 2010; passamos de seis para nove modalidades com conquista de medalhas; e 15 atletas alcançaram um lugar no pódio, superando a disputa anterior que teve sete atletas medalhistas.
“Isso mostra uma evolução do esporte brasileiro na faixa etária dos 15 aos 18 anos e uma maior atenção dada a atletas nos ciclos olímpicos, com resultados mais rápidos ”, conta Adriana.
O canal PFC exibe o episódio inédito “Meninos de Ouro”, neste sábado, 01 de novembro, às 10h da manhã, com reprise na segunda-feira às 23h e terça-feira às 08h30 (fusos de Brasília).

Tags: ,

Comments are closed.