SporTV Repórter mostra o cotidiano dos técnicos estrangeiros no Brasil

imagem_SporTV Reporter_Meu Brasil Estrangeiro

Ratko Rudic durante apresentação como técnico da seleção brasileira de polo
Divulgação PFC: Foto: Marcello Pires

As Olimpíadas do Rio de Janeiro serão realizadas daqui a pouco mais de dois anos, mas a corrida pelas medalhas já começou. Brilhar em casa é preciso e, para não fazer feio, o Brasil foi buscar ajuda externa.
O “SporTV Repórter” desta semana retrata como é a vida de alguns dos 49 técnicos estrangeiros que estão treinando equipes brasileiras e como estão se adaptando ao cotidiano no país.
O programa vai mostrar a barreira com o idioma, a descoberta de novos sabores, a saudade da família e até a participação em um projeto social em uma comunidade carente.
A maioria vem da Europa, continente que mais conquistou medalhas na história dos Jogos. 11 técnicos são das Américas, 3 da Oceania, 2 da Ásia e 2 da África.
Um dos personagens do programa é o técnico croata Ratko Rudic. Maior nome do pólo aquático mundial, com cinco medalhas olímpicas no currículo, ele está no comando da equipe masculina brasileira no Rio de Janeiro. “Você pode dizer que se for morar no Rio, tem que se adaptar ao trânsito” diz Rudic.
O canal PFC exibe o episódio “Meu Brasil Estrangeiro”, neste sábado, 11 de outubro, às 10h da manhã, com reprise na segunda-feira às 23h e terça-feira às 08h30 (fusos de Brasília).

Tags:

Comments are closed.