Os escolhidos de Felipão

Convocação da seleção brasileira não traz muitas surpresas

Por Marta Almeida

 selecao-brasileira

Se existe um anúncio capaz de parar o Brasil, com certeza é a convocação da seleção brasileira de futebol para uma Copa do Mundo. E quando a competição mais esperada pelos fãs do futebol ainda por cima vai ser no Brasil, não tem jeito. A convocação provocou uma espécie de feriado no dia 7 de maio. Todos os olhares interessados em futebol do mundo voltaram-se para a coletiva feita pelo técnico da seleção, Luiz Felipe Scolari, para anunciar os escolhidos que vão ter nas costas a pesada responsabilidade de levar o Brasil ao Hexacampeonato em casa. É bem verdade que entre os nomes anunciados, poucas foram as surpresas. Apenas o zagueiro Henrique, que venceu uma disputa com Miranda, Dedé, Marquinhos e Réver, pareceu ser inesperado. Mas o técnico foi taxativo em sua escolha “O Henrique é um jogador em que confio.” Das ausências, as mais comentadas, inclusive na imprensa internacional, foram as de Kaká e Robinho. Ao todo, 16 dos jogadores campeões da Copa das Confederações em 2013 foram mantidos por Felipão para o Mundial.

Os convocados foram:
Goleiros:
Jefferson (Botafogo)
Julio César (Toronto F.C)
Victor (Atlético-MG)
Zagueiros:
Dante (Bayern de Munique)
David Luiz (Chelsea)
Henrique (Napoli)
Thiago Silva (Paris Saint-Germain)

Laterais:
Daniel Alves (Barcelona)
Maicon (Roma)
Marcelo (Real Madrid)
Maxwell (PSG)

Meio-campistas:
Fernandinho (Manchester City)
Hernanes (Inter de Milão)
Luiz Gustavo (Wolfsburg)
Oscar (Chelsea)
Paulinho (Tottenham)
Ramires (Chelsea)
Willian (Chelsea)

Atacantes:
Bernard (Shakhtar)
Fred (Fluminense)
Hulk (Zenit)
Jô (Atlético-MG)
Neymar (Barcelona)

 

De Toronto para o Brasil

Entre os nomes anunciados, nove já tinham sido confirmados antes: Júlio César, Thiago Silva, David Luiz, Ramires, Oscar, Willian, Paulinho, Neymar e Fred. Julio César foi o primeiro jogador convocado para a seleção. Em entrevista à Rede Globo, Felipão justificou a convocação: “As qualidades que o Júlio tem sempre são expostas para mim pelo Carlos Pracidelli, que é o treinador dos goleiros e diz que ele é um dos melhores com quem já trabalhou. Ágil, muito rápido, trabalha bem com os pés, tem um bom comando.” Júlio César foi convocado pela primeira vez para a Seleção Brasileira em 2003, como reserva de Dida na Copa das Confederações. Em 2003 disputou a Copa América no Peru como titular. Em 2006 ocupou a vaga de terceiro goleiro e foi titular em 2010. No ano passado disputou a Copa das Confederações e ao defender um pênalti contra o Uruguai ajudou a classificar o Brasil para a final.
Desde fevereiro deste ano, Júlio César é uma das estrelas do Toronto FC. Veio emprestado pelo Queens Park Rangers da Inglaterra, depois de amargar um tempo na geladeira do clube por conta de problemas contratuais.

Assim que chegou a Toronto, o goleiro da seleção brasileira deu uma entrevista ao jornalista Jorge Neves da Cirv Radio, onde falou de Copa do Mundo e dos problemas com o clube inglês. Confira alguns trechos da entrevista:

Jorge: Julio, certamente é importante para você entrar com confiança neste campeonato e numa liga completamente diferente daquelas em que estavas habituado a jogar…
Júlio: Verdade. Acho que é um começo de campeonato excelente, pelo o que os jogadores que já estavam aqui vêm me dizendo, é o melhor começo de temporada que o Toronto FC está tendo e fico feliz em participar desta façanha.

Jorge: É importante para você também esta decisão de vir para Toronto para jogar com regularidade e marcar presença no mundial do Brasil…
Júlio: É, eu na Inglaterra estava tendo dificuldade com o treinador que não queria me aproveitar, nem o clube, por problemas contratuais. Enfim é uma coisa que não gostaria de falar agora e o Toronto abriu as portas para eu vir aqui e conseguir jogar.

Jorge: Em relação ao Brasil, o Scolari certamente tem muitas aspirações e vocês poderão ter pela frente a seleção portuguesa com o Cristiano Ronaldo, eleito melhor jogador do mundo. Se houver esta possibilidade, qual vai ser o seu pensamento num eventual Brasil x Portugal?
Júlio: Em 2010, na Copa, a gente já chegou a se enfrentar na fase de classificação… Realmente a seleção portuguesa é uma equipe que merece todo o nosso respeito. Tem jogadores de qualidade, não só o Cristiano Ronaldo. Claro que o Cristiano vem vivendo um momento maravilhoso. Vamos ver, acho que a gente tem um grupo difícil, mas Portugal no meu parecer tem um grupo mais difícil que o nosso, então vamos ver o que vai acontecer…

*Jorge Neves é jornalista especializado em esportes da Cirv Radio e faz a cobertura da Major League Soccer (MLS), principal liga de futebol dos Estados Unidos e Canadá.

Tags: , ,

Comments are closed.