Maracanã: A história se repete

Por Maya Gasparoto

 

Maracana

Passados 64 anos da construção do estádio, o atraso no cumprimento do cronograma e o adiamento da entrega das obras são fatos repetidos. O estádio Jornalista Mário Filho, mais conhecido como Maracanã, foi inaugurado no dia 16 de junho de 1950, para sediar a 4ª edição da Copa do Mundo (a primeira depois da 2ª Guerra Mundial). Planejado pelos arquitetos Rafael Galvão, Pedro Paulo Bernardes Bastos, Orlando Azevedo e Antônio Dias Carneiro, o estádio inicialmente abrigava 155 mil espectadores. Na época, a opinião pública era contra a obra e defendia a aplicação do dinheiro na construção de escolas e hospitais – exatamente como acontece hoje. A inauguração foi com o amistoso entre as seleções do Rio de Janeiro e São Paulo, no dia 17 de junho, mas o estádio só foi concluído mesmo em 1965.
De origem tupi-guarani, “Maracanã” é a junção de 2 palavras: “maracá” (chocalho) e “nã” (semelhante). O nome se refere ao som emitido pelo papagaio Maracanã-guaçu, que existia em grande quantidade antes da construção do estádio. A história do Maracanã foi marcada por altos e baixos. Nos anos 80 a estrutura comecou a apresentar rachaduras e infiltrações com muito grafite em sua parte exterior. Em 1999 foi feita a primeira ref
orma que diminuiu o número de expectadores para 103.000. A Copa do Mundo de 1950, o milésimo gol de Pelé (1969), a visita do Papa Joao Paulo II (1980), os Jogos Pan-Americanos (2007), além de shows como Frank Sinatra, Madonna, Paul McCartney, Rolling Stones, KISS, Tina Turner consagraram o Maracanã como o “Templo de Emoções”.

 

Mundial de 1950

maracana 1950

A Copa do Mundo foi iniciada no dia 24 de junho, com goleada da seleção brasileira contra o México, por 4 x 0. Apesar do ótimo começo, o título foi para o Uruguai, que superou o Brasil na final por 2 x 1. O episódio ocorrido no dia 16 de julho de 1950 ficou conhecido como “Maracanazo”. Aproximadamente 200 mil torcedores ficaram decepcionados e em silêncio após o final da partida.

 

Copa do Mundo em 2014:
O Maracanã será sede de 7 jogos, incluindo a grande final. Projeto da empresa pública Emop (Empresa de Obras Públicas do Estado do Rio de Janeiro), a reforma do Maracanã compreendeu a redução da capacidade para 76 mil lugares, reconstrução da arquibancada inferior, geometria oval (para melhorar curva de visibilidade), 108 camarotes e acesso por rampa monumental. O primeiro Maracanã custou aproximadamente R$235 milhões, o que equivale a ¼ do valor gasto na nova obra. O estádio foi reaberto no ano passado com amistosos entre Brasil e Inglaterra, entre os amigos de Ronaldo e amigos de Bebeto e ainda o clássico carioca Fluminense e Vasco. For
am testes bem sucedidos para o estádio que ajudou a fortalecer a paixão dos brasileiros pelo futebol.

Tags: ,

Comments are closed.