Livros Contábeis Organizados = Negócios Bem Sucedido

livros contabeis2

Por Marta Almeida

 

O sucesso de qualquer negócio, em qualquer área, está diretamente ligado à organização contábil da empresa e o primeiro passo para que o processo flua sem nenhum problema é ter um bom Bookkeeper – um técnico em

contabilidade – para organizar os registros financeiros que incluem compras, vendas, recibos e pagamentos feitos. Este registro básico das movimentações diárias é fundamental para que os contadores façam seu trabalho de forma correta, sem erros que podem gerar muitos prejuízos.

 

Profissionais despreparados

Encontrar um bom profissional para este trabalho que é um dos alicerces da contabilidade de uma empresa não é tarefa fácil. “O grande problema em termos de contabilidade aqui em Toronto, penso talvez no Canadá, é que

realmente o trabalho da maior parte das pessoas está a ser feito por profissionais que não são capacitados. Qualquer um pode por um anúncio e dizer que é Bookkeeper e fazer contabilidade. Mas fazer os livros de alguém não é tão simples porque é preciso ter conhecimentos profundos e nem toda gente tem. Muitas pessoas simplesmente porque trabalharam um ano num emprego de data entry, acha que têm capacidade para conseguir fazer todo o ciclo da contabilidade e isso não é verdade,” diz o português Orlando Rito, que há cinco anos abriu uma empresa de Bookkeeping em sociedade com timorense Artur Pedruco. Orlando alerta que na empresa dele, a maioria dos clientes chega com registros feitos sem nenhuma qualidade e com erros grotescos: “Existem erros com HST, uma série de falhas e muitos casos mesmo incompreensíveis, porque as pessoas tentaram resolver um problema e criaram outro sem saber e isso faz com que realmente a qualidade geral do trabalho de muitos bookkeepers não seja a melhor do mundo para os clientes.”

 

Barato que sai caro e dicas importantes

A contadora Ana Cruz, formada em Portugal, trabalha com Orlando e Artur e afirma: muitos empresários tentam economizar ao contratar o profissional para este serviço e pagam muito caro. “As empresas tomam prejuízo porque não procuram assistência profissional adequada… Querem não gastar muito dinheiro, mas depois gastam muito mais porque as contas não foram bem feitas.”

Para evitar aborrecimentos e principalmente os prejuízos, Orlando dá duas dicas que vale a pena anotar:

1 – Recorrer sempre a um profissional qualificado.

“Procure ter a certeza de que a pessoa está no mercado há algum tempo, que realmente faz bem,”

2 – Acompanhar de perto o trabalho do Bookkeeper.

“Peça relatórios. Olhe para os relatórios, discuta e se tiver alguma coisa, se tiver dúvidas, se tiver algo errado, diga! Enfim acompanhe o trabalho. Se o cliente acompanhar o trabalho é um favor que faz a si próprio e aos profissionais porque a cada negócio novo temos um ciclo de aprendizagem, pois todos os negócios são diferentes e se o cliente ajuda a compreender melhor seu negócio, tem mais chances de manter os livros em condições impecáveis e que possam sobreviver a qualquer questionamento no futuro.”

 

Tags: , ,

Comments are closed.