Canadian Experience Class

A melhor maneira de imigrar para o Canadá? Através da sua experiência de trabalho no Canadá (Canadian Experience Class).

Por Marco Castro

Se você trabalhou por, pelo menos, um ano no Canadá, você pode ser elegível para se tornar um residente permanente. Essa experiência, entretanto, tem que ter sido obtida nos últimos 3 anos e com trabalho qualificado em uma das ocupações delineadas na Classificação Nacional de Ocupações Canadenses (NOC) do tipo 0, A ou B. Você também tem que comprovar proficiência no idioma inglês ou francês.

Como saber se você se enquadra nesse processo:

  • Ter trabalhado durante 1 ano por tempo integral, o que significa, pelo menos, 30 horas por semana (ou equivalente);
  • Ter trabalhado legalmente com uma Permissão de Trabalho –  esse período de 1 ano tem que ter sido nos últimos 36 meses, mas não precisa estar trabalhando quando fizer sua aplicação;
  • Ter exercido uma ocupação que tenha sido qualificada, como por exemplo: gerencial, profissional ou técnica;
  • Ter um nível de inglês ou francês mínimo, estabelecido de acordo com sua ocupação e comprovada através de um teste estabelecido. E esse teste tem que ter sido feito nos últimos 2 anos;
  • Mesmo se você tiver voltado para o Brasil, ainda assim poderá aplicar, desde que satisfaça as condições solicitadas.

Quais as exceções:

1. Não é válido para a província de Québec;

2. Não é válido para refugiados;

3. Essa experiência de 1 ano não pode ter sido obtida através de programas como:

  • Estágio de coop – no qual  se estuda por metade do tempo e se trabalha a outra metade, mesmo que se tenha trabalhado por um  ano em ocupações qualificadas;
  • Permissão de trabalho no campo universitário ou fora dele, onde o visto de trabalho é ligado ao visto de estudante.

Como e quando usar corretamente esse processo:

  • Fazer um curso em tempo integral de, pelo menos, um ano, que leve à graduação e que seja numa instituição educacional qualificada pela imigração. Lembre-se que se pode conseguir uma Permissão de Trabalho para cursos de apenas 8 meses, mas a Permissão seria também de 8 meses, e daí não se poderia obter a experiência de trabalho de 1 ano para usar esse processo. Para cursos de menos de 8 meses, não será concedida uma Permissão de Trabalho;
  • Obter a Permissão de Trabalho de um  ano dentro de 90 dias depois da confirmação de que obteve sucesso na conclusão do curso;
  • Quando escolher a duração do curso, deve-se ter em mente que, para cursos entre 8 meses e 2 anos, a Permissão de Trabalho será concedida pelo exato tempo de estudo. Enquanto que, se o curso tiver sido de mais de 2 anos, essa Permissão poderá ser concedida por 3 anos.

Aqui vai uma dica valiosa:

Se você fizer um curso no Canadá de um ano ou mais, onde seu/sua cônjuge seja elegível a uma Permissão de Trabalho aberta, esse cônjuge pode trabalhar por pelo menos um ano. Satisfazendo todos os requisitos, ele/ela poderá se qualificar nesse processo, incluindo você no processo de residência permanente.

Na próxima edição, detalharemos o que fazer para trabalhar legalmente no Canadá através da obtenção de um Parecer do Mercado de Trabalho (LMO).

Marco Castro é consultor de imigração, certificado e membro do ICCRC, tradutor e notary public, com escritório em Vancouver, BC, Canadá. Para mais informações, ligue para 604-696-6042, mande um e-mail para marco@provisa.ca ou visite o site www.provisa.ca

Tags: , , , ,

Comments are closed.