Vida de estudante em Calgary

Descubra as vantagens de estudar numa das cidades mais dinâmicas do Canadá.

flag

 

Por João Cortez e Rodrigo Leme

O Canadá foi a nossa opção de intercâmbio por ser o segundo maior país do mundo, com cerca de 34 milhões de habitantes – população menor que a do estado de São Paulo, que tem quase 42 milhões de pessoas. Além disso, o índice de qualidade de vida do país está entre os três melhores do planeta, segundo a ONU.

Mas qual seria a melhor cidade para dois jovens aventureiros realizar o intercâmbio?

Calgary, em Alberta, foi o destino escolhido para fazer o intercâmbio, porque é a terceira mais populosa cidade do Canadá, sendo considerada a segunda melhor cidade do país para se viver e a quinta do mundo.

De início, a ideia era apenas estudar o idioma, mas depois que chegamos, em junho de 2012, a paixão pelo país nos fez estender nossos planos de estudantes para possíveis imigrantes, fator que nos atraiu devido à possibilidade de extensão de nossas carreiras internacionais no mercado de trabalho local.

Nós concordamos que infraestrutura, qualidade de vida, organização e eficiência dos setores burocráticos são outras facilidades encontradas por aqui, assim como em todo o país. Além da facilidade para entrar no Canadá, o custo de vida, consideravelmente mais barato que nos Estados Unidos e na Europa, também foi um fator analisado. Além disso, um quesito primordial para fazer o curso de inglês em Calgary foi o fato de o destino não receber tantos brasileiros como as cidades mais badaladas (Toronto, Vancouver), facilitando, assim, o processo de imersão e de aprendizado. Há escolas que oferecem aulas para todos os níveis, inclusive para quem vem para cá sem saber falar uma palavra do idioma em questão.

O boom econômico alavancado pela indústria petrolífera da província de Alberta fez com que Calgary se tornasse um centro muito movimentado, com um aumento significado do fluxo de veículos e pessoas, provocando problemas de trânsito que não existiam há 10 anos. Nós utilizamos o transporte público, pois, com o mesmo ticket (C$ 3), é possível usufruir do C-Train ou do ônibus por um período de 90 minutos. No nosso caso, usamos um passe mensal (C$ 94), com o qual podemos nos deslocar por tempo indeterminado, com a facilidade do C-Train ter duas linhas, ambas passando pelo Centro, indo do Sul até o extremo NW e outra do NE até o Oeste.

As melhores regiões para se viver em Calgary, atualmente, são Sul, Sudoeste, Noroeste e Oeste. O aluguel varia de C$ 1 mil (quarto e sala ou condo pequeno) a C$ 1.800 (casa com 3 quartos). Supermercados ou lojas de departamento são os melhores lugares para ser fazer compras. Para quem está chegando, lojas de departamento proporcionam uma grande variedade de produtos e bons preços. Normalmente, a despesa mensal com supermercado para um casal gira em torno de C$ 500 a C$ 800.

O entretenimento em Calgary, como museus, teatro, baladas e shows, varia de C$ 6 a C$ 90 por pessoa. Todavia, há opções gratuitas de lazer nos parques públicos, onde você pode fazer caminhadas, andar de bicicleta ou até mesmo fazer um piquenique.

João Cortez (26 anos, engenheiro de pesca) e Rodrigo Leme (24 anos, zootecnista) se conheceram na Universidade de São Paulo, Pirassununga, SP, Brasil, onde estudavam. Após terminar seus estudos, eles decidiram aperfeiçoar o inglês no exterior.

Tags: , , , , , ,

Comments are closed.