Projeto Crescer com Arte

Transformando realidades através da arte

Por Fabricio Sortica

Somos pessoas que acreditam que a arte desenvolve a autoconsciência, permitindo que as pessoas, sejam de onde forem, se articulem e realizem melhorias sociais e econômicas.

Assim se apresentam Kristen Fahrig, artista plástica canadense, e Henrique Pio, produtor cultural brasileiro, no website do Crescer com Arte, projeto que visa desenvolver artistas de comunidades carentes e promover seu crescimento social através do intercâmbio de experiências e conhecimentos. A Wave conversou com a dupla, que contou como um encontro casual resultou em uma conexão entre Toronto e Rio de Janeiro.

Kristen Fahrig e Jairzinho

Wave: Como vocês se conheceram?
Kristen: Foi a bela música do samba que me apresentou a Henrique! Anos atrás, alguns amigos músicos me convidaram para tocar com a Batucada Carioca (líder Maninho Costa). Conheci brasileiros fantásticos em meu bairro e me apaixonei pela cultura do país. Em 2010, tive a sorte de receber um prêmio artístico do Conselho de Artes do Canadá e decidi aproveitar a oportunidade para visitar a famosa cidade do Rio de Janeiro.
Henrique: Nos encontramos em Santa Teresa, numa “roda de jazz” em que uma amiga em comum estava cantando. Fomos apresentados e descobrimos, logo a seguir, que partilhávamos a mesma paixão pela arte. Na época, eu estava escrevendo o projeto final para concluir minha pós em Arte na Universidade Candido Mendes, que visava levar as mais diversas formas de arte a comunidades carentes.

Wave: De que forma surgiu a ideia e a parceria que deu forma ao projeto Crescer com Arte?
Kristen: Eu comentei com ele sobre o MacGregor Park, sobre como trabalhei com a comunidade para transformar o pequeno e desértico parque “do crack” em um lugar seguro, através de projetos artísticos. Continuamos nossa conversa ao longo das semanas subsequentes, imaginando com um projeto semelhante poderia funcionar em uma comunidade do Rio de Janeiro.
Henrique: A sua visão sobre arte comunitária era nova para mim, e o mais importante era o comprometimento que havia em beneficiar todos os envolvidos, as comunidades como um todo. Eu mudei a direção do meu projeto final para adaptá-lo ao conceito da Arte Comunitária. Falei com os meus professores e com alguns artistas, explicando a ideia. Todos, sem exceção, adoraram. Após muitos e-mails e longas conversas via Skype, decidimos construir um projeto em comum, alguma coisa entre Rio e Toronto, Brasil e Canadá. Este foi o começo do Crescer com Arte.

Henrique Pio

Wave: Como funciona o projeto, e quais comunidades participam dele atualmente?
Henrique: O Complexo de Manguinhos, que inclui várias comunidades, é o primeiro lugar onde o Crescer com Arte está atuando. Lá contamos com o apoio da Fábrica de Talentos, uma escolinha de futebol comandada pelo Jairzinho, ex-craque da Copa de 70, além do apoio da Biblioteca Parque de Manguinhos e de líderes comunitários.
Kristen: O aspecto mais importante do nosso processo é que o projeto não é imposto a uma comunidade a partir de fora – ele deve nascer dos desejos das pessoas. Por meio de consultas, descobrimos que, antes de começar o projeto em Manguinhos, a comunidade queria que Henrique trouxesse 5 artistas para Toronto, a fim de participar de um projeto no MacGregor Park. Que maneira fantástica de introduzir as duas comunidades e iniciar um intercâmbio cultural!
Henrique: O diferencial deste projeto é a sua forma de priorização dos objetivos, do que tem de ser feito. Essa determinação parte da própria comunidade. É ela quem determina o que é necessário, o que é mais importante, o que desperta o sentimento de pertencimento, de orgulho das pessoas que vivem lá. O primeiro passo agora é selecionar alguns artistas da comunidade para viajarem até Toronto, para que eles possam conhecer e participar do trabalho que a Kristen já desenvolve no MacGregor Park. Dessa forma, eles terão oportunidade de conhecer pessoas de outras comunidades, trocar experiências e sentir que é possível alcançar transformações através da arte.
Kristen: Arte Comunitária é uma forma de arte reconhecida no Canadá, e há vários projetos interessantes acontecendo em diferentes partes de Toronto. Nosso sonho é também trazer, juntamente com os artistas, um acadêmico, de modo a criar mais diálogo com as pessoas daqui sobre diferentes abordagens para o desenvolvimento da comunidade através da arte.

Tags: , , , , , , , , , , ,

Comments are closed.