Caregiver, imigração legal

 Informações úteis sobre o programa que tem ajudado muitas famílias.

flag

 

Por Marco Castro

O Programa de Caregiver, referente a quem cuida de crianças, idosos ou pessoas com certas deficiências, funciona há algum tempo no Canadá e tem ajudado muitas famílias, assim como estrangeiros, a trabalhar e imigrar legalmente para o país.

A fim de imigrar para o Canadá, o estrangeiro terá que trabalhar em tempo integral como caregiver por pelo menos 24 meses – ou por 22 meses, se tiver completado o número de horas requerido. Caso tenha que trocar de empregador por algum motivo, o trabalhador precisará comprovar experiência de 24 meses adquirida ao longo de 4 anos, contados desde sua chegada ao Canadá.

Tanto a família empregadora quanto o estrangeiro precisam atender a certos requisitos. A família empregadora deve solicitar ao Recursos Humanos do Canadá uma autorização para contratar o estrangeiro. Com relação ao estrangeiro, este tem que comprovar qualificação para desempenhar a função de caregiver.

Para assumir a função de caregiver, o estrangeiro precisa atender aos seguintes critérios: possuir ensino secundário completo, falar inglês ou francês e ter formação de no mínimo 6 meses, em horário integral, em curso específico de caregiver ou similar. A formação pode ser substituída por uma experiência profissional de pelo menos 1 ano como caregiver ou função correlata. Neste caso, a experiência deve ter ocorrido nos últimos 3 anos, e o trabalhador deve demonstrar que trabalhou por pelo menos 6 meses com o mesmo empregador. É necessário também passar pelos exames médicos requeridos pela Imigração e obter o certificado de antecedentes criminais.

O estrangeiro deverá viver com a família empregadora, assinando um contrato que demonstre que serão fornecidos benefícios, quarto, alimentação e outras condições favoráveis ao estrangeiro.

Outro ponto bastante positivo desse programa é que o estrangeiro pode trazer sua família para o Canadá. Em muitos casos, a família também poderá trabalhar no país, independentemente da ocupação. Para aplicar para esse benefício, o estrangeiro não precisa já estar vivendo no Canadá. Contudo, os requisitos para a obtenção de visto são diferentes para os trabalhadores que se encontram no país.

Leva-se em torno de 3 anos para o estrangeiro se tornar residente permanente do Canadá como caregiver. Passado esse período, o estrangeiro obterá uma permissão para trabalhar em qualquer ocupação que queira. Poderá também solicitar a imigração de sua família. No caso do Québec, os requisitos podem ser diferentes.

Marco Castro é consultor de imigração, certificado e membro do ICCRC, tradutor e notário público, com escritório em Vancouver, BC, Canadá. Ele pode ser contatado através do número 604-696-6042 ou pelo e-mail marco@provisa.ca. Para maiores informações, visite o site provisa.ca
 

Tags: , , , , , ,

Comments are closed.