Como aproveitar o fim do mundo

Confira a nova série da TV Globo Internacional.

Por Marcela Cerqueira

 

Enquanto você lê este texto, faltam exatamente 67 dias, algumas horas e pouquíssimos minutos para o fim do mundo. Pelo menos é o que diz a profecia maia e no que acreditam piamente nossos protagonistas, Kátia (Alinne Moraes) e Ernani (Danton Mello). Quer dizer, apenas Kátia. Mas isso não importa. Ela vai dar um jeito de convencê-lo também de que não há tempo a perder: 21 de dezembro chegará num piscar de olhos. Esse cara certinho da contabilidade e essa menina meio doidinha do departamento pessoal se encontram no escritório e formam um improvável casal. Tudo em uma divertida história de amor, é claro, com dia e hora para acabar. ‘Como Aproveitar o Fim do Mundo’, seriado de Alexandre Machado e Fernanda Young com direção de núcleo e geral de José Alvarenga Jr., tem estreia prevista pelo canal internacional da Globo dia 26 de novembro, nas Américas, e 03 de dezembro, no Japão, Europa e África.

Kátia e Ernani reúnem os desejos e anseios de quem se propõe a viver intensamente e de maneira diferente. “É a história de duas pessoas normais, vivendo em um mundo difícil. Uma comédia com pegada de sentimentos, relações escancaradas, saindo do lugar comum. E que, por ter data de vencimento, acaba trazendo uma certa melancolia”, conta José Alvarenga Jr. Ele aposta nesta mistura de elementos como o grande diferencial do seriado, que também tem participação de Nelson Freitas.

‘Armagedom’, ‘apocalipse’ ou ‘o juízo final’, seja o nome que for, é apenas um detalhe que não faz a menor diferença para Kátia. Ela tem Maia como sobrenome e isso já é motivo suficiente para embarcar na profecia de seus ancestrais. Mas não será preciso fazer nenhuma grande loucura. Com os dias contados, o momento de acertar as contas e aproveitar os pequenos prazeres da vida é agora. E já que o fim está próximo, nada melhor do que falar abertamente e revelar segredos sobre amor, sexo, trabalho, amizades, viagens, dinheiro, crenças e defeitos.

“Nós nos colocamos no lugar deles. E tentamos identificar, em nós mesmos, quais seriam as ‘pendências’ que gostaríamos de solucionar em nossas vidas. São relações mal resolvidas e assuntos postergados, que mantemos guardados em nossas ‘gavetas’ de traumas. Procuramos então abrir essas gavetas, o mais honestamente possível. Quem não tem um ex com quem gostaria de acertar as contas? Quem não tem um ex-chefe que mereceria escutar umas verdades? Quem não tem sonhos eternamente adiados?”, explica Fernanda Young.

Diante de uma Kátia decidida e com sua lista de pendências para zerar até o derradeiro fim, Ernani terá experiências inusitadas com a mais nova amiga (namorada). De estourar o limite de um cartão de crédito a beijar debaixo da chuva, ele vai viver situações jamais imaginadas. E, sem perceber, vai ajudar Kátia a encarar melindres pessoais e resolver outras questões também.

Tags: , ,

Comments are closed.