Compra de carro usado

Como evitar dor de cabeça.

Por Rafael Padilha*

Não há dúvida de que a aquisição do primeiro veículo no Canadá é um passo importante para todo recém chegado. Comprar um carro novo certamente é bem mais fácil, porém os custos são mais altos, o que faz com que muitos imigrantes deixem a compra do novo para quando tiverem mais tempo de Canadá. Afinal, como realizar uma boa compra de veículo usado economizando e, ao mesmo tempo, evitando problemas no futuro?

Comece por definir o tipo de veículo que deseja e não se esqueça de levar em conta o uso e a expectativa de gastos com a manutenção do mesmo. Tenha em mente que, apesar de alguns modelos oferecerem custo reduzido para compra, os gastos com manutenção e combustível podem tornar seu custo de operação muito alto. E não se esqueça de fazer uma lista dos opcionais que considera fundamentais e daqueles que são supérfluos.

Com a lista de modelos em mãos, visite a biblioteca pública local e peça o guia Lemon-Aid Used Cars – Phil Edmonston. Além de trazer informações valiosas sobre a qualidade dos veículos que você tem em mente, o livro apresenta outras opções de carros com excelente durabilidade e que não estavam em sua lista inicial. Aproveite a mesma visita e peça o Canadian Red Book que reúne os preços de atacado (lojistas) e varejo, o que o ajudará na próxima fase de pesquisa – a dos anúncios.

Consulte sites como o autotrader.ca, kijiji.ca e craigslist.org, além de sites de concessionárias e lojistas independentes. No caso dos lojistas independentes, fique atento se os mesmos são membros de alguma associação. Em Ontario, a Used Car Dealers Association of Ontario oferece maior segurança para quem compra das empresas associadas.

Uma vez selecionados os anúncios é hora de inspecionar os veículos. Selecione um local bem iluminado e observe o veículo de todos os ângulos, inclusive na parte debaixo do mesmo. Observe pintura, acabamento e pneus. Aproveite e anote o número de identificação do veículo, normalmente localizado no painel junto ao pára-brisa ou no compartimento do motor. Dentro do veículo, anote a quilometragem e compare com o estado geral. Ligue o carro e atente para ruídos estranhos, faça um teste de rodagem e observe o funcionamento da suspensão, motor e acessórios. Peça ao proprietário o histórico de manutenção, certificações de segurança e emissões.

Com o número de identificação do veículo, acesse os sites carfax.com e carproof.com para listar o histórico do mesmo. Dado o baixo custo para tal pesquisa, use ambas as fontes. Qualquer anormalidade neste histórico deve ser tratada com muita cautela e discutida com o vendedor. Se você está em Ontário, peça o Used Vehicle Information Package que lista, junto ao Ministério dos Transportes, todas as informações sobre o automóvel.

Dependendo de sua experiência, vale a pena pagar um mecânico ou pedir para um amigo, com conhecimento na área, completar uma vistoria antes de fechar o negócio, principalmente se estiver fazendo compra de um particular. Daí é só partir para a oferta final, fazer o licenciamento e o seguro.

Mais informações

*Rafael Padilha é engenheiro e um eterno apaixonado por carros.

Tags:

Comments are closed.