Diaspora Film Fest

1 à 6 de novembro de 2011 em Toronto.

11o. Festival Internacional de Cinema da Diáspora (IDFF) será realizado em Toronto entre 01-06 de novembro de 2011. O tema do IDFF para 2011 é Onda de Mudança, com filmes que discutem as mudanças políticas, sociais e culturais que o mundo testemunhou ao longo do ano passado.

A programação de filmes contém uma mistura emocionante de gêneros, incluindo comédia, drama e documentário.

Destaques do IDFF 2011

Uma Noite com Deepa Mehta:
Um evento em duas partes co-apresentado pelo o Departamento de Cinema da Universidade de Toronto com o IDFF. A primeira parte do evento (aberto somente para convidados) inclui exibição de clipes de Midnight Children, o próximo filme de Deepa Mehta, adaptado do romance de mesmo nome de Salman Rushdie, seguido de um bate papo com o público.

Na segunda parte do evento (gratuito e aberto ao público) Deepa Mehta apresenta seu aclamado Bollywood-Hollywood seguido da exibição do filme.

Spotlight em estórias de mulheres mulçumanas e árabes
Graças a uma parceria com a Universidade Ryerson, IDFF vai oferecer exibições gratuitas de seis filmes (curtas e longas) bem como uma palestra da renomada pesquisadora, Dr. Ella Shohat (Professora dos departamentos de Arte & Políticas Públicas e do Oriente Médio e Estudos Islâmicos da Universidade de Nova York). A conferência será em torno do filme Forget Baghdad. E, não perca a première canadense do filme Les Secrets do polêmico cineasta tunisiano Raja Amari (Satin Rouge).

Muçulmanos e judeus não poderiam jamais ser amigos (novamente)? 
Três filmes serão exibidos, seguido por um painel de discussão, onde esse assunto controverso é a premissa subjacente. David, inédito em Toronto, é a história de um jovem muçulmano que é confundido com um judeu pela comunidade judaica do Brooklyn. A amizade genuína cresce entre Daoud (David) e Yoav (um dos meninos judeus) e a família de Yoav.

Playoff, também inédito Toronto, é o mais recente trabalho do aclamado cineasta israelense, Eran Riklis (diretor de Noiva Síria e Limoeiro). O filme é sobre a amizade entre um técnico de basquete israelense e uma mulher turca muçulmana na Alemanha dos anos 70 (este filme é co-apresentado pelo Toronto Jewish Film Festival).

Em Kaddish for a Friend, em première canadense e dirigido por Leo Khasin (Alemanha), um refugiado adolescente palestino desenvolve uma amizade improvável em Berlim com um sobrevivente do Holocausto.

Noite Birmanesa
Em comemoração ao primeiro aniversário da libertação de Aung San Suu Kyi, ganhadora do Prêmio Nobel e líder do Povo Birmanês pela Democracia, IDFF organizou uma sessão que incluirá a exibição de dois documentários, ambos inéditos no Canadá: Lady of No Fear e Burmese Dreaming. Este evento será apresentado pela premiada escritora Karen Connelly, autora dos best-sellers Lizard Cage e Lições da Birmânia: uma história de amor.

Gaza Women Film Festival
Há dois anos atrás, um grupo de cineastas palestinos do sexo feminino se reuniram para organizar um festival sobre si mesmas numa cultura abertamente dominada por homens e em uma cidade onde não existe cinema! Elas alugaram um campo de basquete, costurou uma cortina branca para usar como tela onde apresentaram suas criações. O festival tornou-se rapidamente uma sensação mundial. Em reconhecimento de seus esforços corajosos, o IDFF fez uma parceria com o GWFF para trazer uma seleção de filmes deste festival à Toronto. Co-apresentado com Toronto Palestinian Film Festival.

Lá ou Cá?
O tema comum de alguns filmes do IDFF deste ano é que os personagens vivem entre dois mundos: sua terra natal e sua nova casa!

Almanya, vencedor de dois Oscars do cinema alemão para Melhor Roteiro e Melhor Filme, inédito em Toronto, é uma emocionante comédia-drama que conta a história de três gerações de imigrantes turcos na Alemanha.

O multi-premiado Amin, realizado por um dos favoritos do IDFF – o iraniano-canadense baseado em Montreal Shahin Parhami, documenta a vida de Amin, um músico jovem e talentoso da tribo Qashqai no Irã que estuda música na Ucrânia. Shahin Parhami vai estar presente nesta première em Toronto para um para um bate-papo com o público. David Dusa é provavelmente o cineasta mais diaspórico no IDFF deste ano! David nasceu na Hungria, cresceu na África do Sul, passou sua vida adulta na Suécia, e atualmente vive na França; ele realizou um filme sobre o Movimento Verde do Irã.

Flowers of Evil conta a história de um romance entre uma menina rica iraniana que fugiu do Irã após a eleição de 2009 e um jovem argelino-francês.

A conexão iraniana no IDFF deste ano continua com Golshifteh Farahani, a estrela iraniana em ascensão no cinema francês atuando como Siba, uma menina curda iraquiana em busca de seu noivo em Paris, no filme If You Die, I’ll Kill You.

Filhos da Violência
Há poucos filmes curtos ou longas que visitam o tema das crianças como vítimas do conflito em suas sociedades. Não perca Checkpoint, um excelente curta de Ruben Amar e o multi-premiado Before Your Eyes de Miraz Bezar.

Serviço

Para a reserva de bilhetes, mande um email para info@diasporafilmfest.com

Os locais do festival são Innis Town Hall (2 Sussex Ave. esquina com St. George St.) e Carlton Cinema (20 Carlton St. esquina com Yonge St.). Visite o site do festival para mais informações.

Você também pode encontrar-nos no Facebook (International Diaspora Film Festival 2011) e siga-nos no Twitter @diasporafest.

Tags:

Comments are closed.