Araguaia, região das águas cristalinas

A busca por um cenário cheio de beleza e de atrativos proporcionados pela Mãe Natureza, fez com que a Rede Globo definisse o rio Araguaia como o ponto de referência de sua novela das seis. Por trás da produção exibida nas telinhas de milhares de brasileiros, há um ambiente muito maior e deslumbrante.

Por Renata Solano

Pertencente à bacia Amazônica e com mais de dois mil quilômetros de extensão, o Rio Araguaia, também conhecido como Rio das Araras no dialeto Tupi, faz divisa entre os estados do Mato Grosso, Goiás, Tocantins, Maranhão e Pará. O ambiente apresenta um dos maiores e mais ricos ecossistemas do Brasil, englobando os biomas do Cerrado, do Pantanal e da Amazônia.

Além do rico contraste da flora e fauna, há uma diversidade cultural que pode variar do forró característico de Pernambuco aos rituais e artesanatos das cerca de 80 tribos indígenas da região do Araguaia e do norte do país.

Especialmente durante os meses de julho e agosto, o rio Araguaia sofre com a seca, as águas baixam e, em seu leito, formam-se ilhas de areia que são utilizadas como área de acampamento por turistas, que aproveitam para explorar as belíssimas praias de areia fina e branca. É como se o rio se transformasse em oceano.

A época ideal para a pesca no rio é entre os meses de setembro e abril, no entanto, é necessária uma licença provisória para a atividade, que pode ser obtida em qualquer agência do Banco do Brasil. O rio é famoso por oferecer uma enorme variedade de peixes como, por exemplo, pintados, pirarucus, tucunarés, corvinas, mandubés, barbados, dourados, mandis e muitos outros.

De junho a outubro é o melhor período para o turismo na região. Durante esses meses, a prática de esportes radicais garante a diversão! Canoagem, passeios de ultraleve, rafting e jet-ski podem ser praticados à vontade, tudo com infraestrutura e segurança. No entanto, depois desse período começam as cheias, que dificultam qualquer tipo de passeio.

Photo: Gustavo Silvestre/ araguaiariver.com

Aruanã é um dos pontos turísticos mais concorridos do Araguaia Goiano. A cidade, que fica a 300 km de Goiânia, tem festas na praia, grandes acampamentos, shows e eventos esportivos. Ainda em Goiás, tem São José dos Bandeirantes, com características rústicas, bem próximas à Barra do Rio do Peixe e alguns lagos de porte, que em conjunto, oferecem uma diversidade ambiental propícia ao turismo ecológico.

Em Barra das Garças, no Mato Grosso, localiza-se o parque da Serra Azul, que inclui sítios de interesse arqueológico como grutas, cavernas e lagos subterrâneos. Na região também se encontra o parque das Águas Quentes, o Porto do Baé, a Serra do Roncador, aldeias indígenas (Bororos e Xavantes), trilhas e cachoeiras. Também em MT, São Felix do Araguaia é conhecida mundialmente por seu artesanato, produzido pelos Karajás, Tapirapés e Txucarramãe, que habitam a Ilha do Bananal.

Mas atenção, alguns cuidados básicos devem ser tomados antes e durante a viagem! É preciso tomar a vacina contra a febre amarela, pelo menos 10 dias antes de ir para esta região, além disso, a presença de alguns insetos e animais como abelhas, mosquitos, aranhas, cobras, jacarés e até mesmo os peixes candiru e piranha, exigem certos cuidados. Além da opção de acampamento, pousadas com quartos simples e de luxo e barcos-hotéis estão disponíveis nessas cidades.

Link

Araguaia

 

Tags: , , , , , ,

Comments are closed.